NOVA ESTAÇÃO DO CAETETUBA DOBRARÁ A CAPACIDADE DE TRATAMENTO DE ESGOTO DE ATIBAIA

Nova estação dobrará a capacidade de tratamento de esgoto da população de Atibaia em sua fase final

Por Maria Clara 30/06/2019 - 21:08 hs

Na manhã desta quinta-feira (27), a Prefeitura da Estância de Atibaia e a Atibaia Saneamento, empresa do grupo Iguá responsável pelo esgotamento sanitário no município de Atibaia e que mantém uma parceria público-privada (PPP) com a SAAE, realizaram a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Caetetuba. Durante o evento foram apresentados o plano de investimento e o cronograma de obras para a implantação do novo sistema de esgotamento sanitário da cidade.

A ETE Caetetuba inclui a coleta e o tratamento dos esgotos domiciliares de 25 bairros que ainda não são atendidos pelos serviços de saneamento: Estância Santa Maria do Laranjal, Jardim Suely, Jardim Colonial, Parque Rio Abaixo, Jardim Parque Real, Loteamento Vale das Flores, Nova Cerejeira, Jardim Paraíso da Usina, Parque da Montanha, Atibaia Vista da Montanha, Chácaras Maringá, Caetetuba, Casas Populares, Cerejeiras III Glebas, Jardim das Cerejeiras, Jardim Alvinópolis II, Vila São José I, Jardim Imperial, Brotas, Jardim Estância Brasil, Jardim São Felipe, Jardim Santo Antônio, Estância Parque Atibaia, Pinheiral I e II.

Até o final de 2021 serão investidos cerca R$ 63 milhões na implantação do novo sistema que tratará, ainda na 1ª fase, mais de 250 mil litros por hora de esgoto. Além da ETE, também estão previstas a implantação de coletores troncos, novas ligações de rede e Estações Elevatórias de Esgoto que serão integradas ao sistema de coleta e tratamento de esgoto da cidade.

De acordo com o diretor da Atibaia Saneamento, Eduardo Caldeira, com a construção da ETE Caetetuba, haverá aumento de 12 pontos percentuais na cobertura de tratamento de esgoto no município. “Esse sistema atenderá em mais 35% da população da cidade quando as três fases estiverem implantadas. O tratamento de esgoto, além de contribuir com a preservação dos recursos naturais da região, traz saúde e dignidade, proporcionando uma vida melhor para a população de Atibaia”, comentou.

Para Fabiane Santiago, superintendente da SAAE, a obra tem início em um momento especial, já que neste mês de junho a SAAE completou 50 anos de existência. “Essa obra, com toda a sua dimensão e importância para a cidade, enaltece a história da SAAE e o seu trabalho constante para oferecer mais saneamento à população”, salientou. “Os benefícios dessa obra são fundamentais para Atibaia, pois estamos caminhando rumo à universalização do tratamento de esgoto que tanto buscamos”, destacou.

O prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, lembrou que essa é uma das obras mais importantes do governo municipal em termos de volume de investimentos, de cerca de R$ 63 milhões. “Hoje demos início aos trabalhos de construção da ETE Caetetuba, que faz parte do Plano de Universalização do Esgoto de Atibaia. Essa obra representa um salto de qualidade de vida significativo na cidade, pois garantirá mais coleta e tratamento de esgoto, além de contribuir para a preservação do meio ambiente”, ressaltou.

Também estiveram presentes na cerimônia o vice-prefeito Emil Ono e o presidente da Câmara Municipal, vereador Sebastião Batista Machado, entre outras autoridades.