Atibaia recebe obras no trevo da rodovia Dom Pedro I que dá acesso à região do Boa Vista

Atibaia recebe obras no trevo da rodovia Dom Pedro I que dá acesso à região do Boa Vista

Por Maria Clara 03/09/2017 - 21:31 hs

Intervenções devem proporcionar mais fluidez, segurança e acessibilidade nas áreas próximas à rodovia.

Uma grande obra no trevo que dá acesso à região do Boa Vista (áreas próximas à rodovia Dom Pedro I), está sendo realizada em Atibaia pela Rota das Bandeiras. A Administração Municipal mantém um diálogo constante com a concessionária, com reuniões e tratativas frequentes para discussão de projetos e melhorias no município. As obras em andamento atualmente devem oferecer mais fluidez, segurança e acessibilidade às pessoas que utilizam essa região da cidade: km 72 da Dom Pedro I (SP-065) e proximidades.

Desde o início de agosto a Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, está realizando as intervenções de trânsito na região do km 72 da rodovia e intermediações. De acordo com a concessionária, o principal objetivo das obras é ampliar a segurança e o conforto dos motoristas que circulam pela região.

No local, a atual interseção é composta por acessos aos bairros Jardim Brasil e Jardim Brogotá/Boa Vista, com cruzamentos canalizados e uma passagem inferior de transposição da rodovia. A reformulação desse dispositivo prevê a substituição dos atuais cruzamentos canalizados por rotatórias, aumentando a capacidade das vias e melhorando a circulação de veículos. Segundo a concessionária, as alterações no tráfego garantirão novas alças de acesso às pistas norte e sul da rodovia Dom Pedro I, o que vai diminuir o tempo gasto na viagem dos motoristas que utilizam o dispositivo.

O projeto de readequação prevê a implantação de uma rotatória no lado sul da rodovia D. Pedro I (sentido Jacareí). Ainda no mesmo sentido, os motoristas passarão a contar com um acesso direto à pista sul da rodovia D. Pedro I. Inclusive, é neste ponto onde está concentrada 90% da terraplanagem da obra. Do lado oposto, na pista norte, será implantada uma rotatória para melhorar a fluidez do dispositivo e permitir o acesso direto à rodovia para os moradores que saem do bairro.

Atualmente, a Rota das Bandeiras realiza três atividades principais: a escavação do ramo de acesso pela pista sul; a pavimentação da rotatória da pista sul; e a construção das lajes dos dutos da Petrobras, sob a rotatória da pista norte. As intervenções estão previstas no contrato de concessão firmado pela Rota das Bandeiras junto à Agência de Transportes de São Paulo (Artesp) e contam com um investimento de R$ 11,4 milhões da concessionária.

Na terça-feira (29), o prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso, esteve acompanhando os serviços em andamento em um trecho da Av. São João, próximo à rodovia. “Essa é uma obra importante executada pela Rota das Bandeiras em contrapartida à exploração da rodovia, portanto uma intervenção que já estava prevista no escopo da concessão da Dom Pedro. Há alguns anos a Administração Municipal vinha conversando com a concessionária, posicionando-a da necessidade de realizar essa obra o mais rápido possível”, esclareceu.

O prefeito lembrou que a região enfrenta problemas de tráfego intenso, principalmente em horário de pico, por conta da alta movimentação de alunos da faculdade. “Entre 18h e 19h a circulação de veículos no local é muito grande, então a concessionária desenvolveu um projeto que prevê a implantação de dois dispositivos na região, que devem ajudar a distribuir esse alto fluxo de veículos”, afirmou.

Segundo o prefeito, com os dispositivos os veículos não vão mais precisar chegar até o trevo na Av. São João para fazer o retorno até a rodovia. Além disso, outro avanço diz respeito aos caminhões, já que antes eles faziam retorno na Av. São João - onde a Prefeitura fez um dispositivo para melhorar o trânsito. “Esse intenso fluxo de caminhões desgasta bastante a pavimentação das vias internas da cidade e, com esses dois dispositivos que a concessionária está desenvolvendo, o retorno de veículos pesados acontecerá mais próximo à rodovia, então conseguiremos amenizar essa intensidade de veículos pesados nas vias internas do município”, ressaltou Saulo.