Prefeito de Bom Jesus dos Perdões participou de reunião do GGI Atibaia para conhecer funcionamento da Muralha Digital

Sistema implantado pela Administração Municipal tem ajudado a evitar crimes e também nas investigações policiais

Por Maria Clara 11/03/2018 - 10:22 hs

O prefeito da vizinha cidade de Bom Jesus dos Perdões, Sérgio Ferreira, acompanhou a reunião do GGI Atibaia - Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública realizada nesta quarta-feira (07) no Fórum Cidadania, sede do Governo de Atibaia. O motivo da visita foi conhecer como funciona o sistema conhecido como Muralha Digital, conjunto de câmeras de segurança implantado pela Administração Municipal e que tem ajudado nas investigações em andamento, colaborado para com a diminuição dos índices de criminalidade na cidade e favorecendo à prevenção ao crime. O vice-prefeito de Atibaia, Emil Ono, também participou do encontro. 

Atibaia foi a primeira cidade da região a colocar em funcionamento o Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública, tornando-se referência para outros municípios da região e até de comandos da cidade de São Paulo. A exemplo do encontro da última quarta-feira, o GGI Atibaia também tem participado de reuniões externas e recebido representantes de outras localidades. Na semana passada, uma comitiva da cidade de Mairiporã, que está em vias de implantar a integração das forças de segurança no município, participou do encontro em Atibaia. Piracaia e Bom Jesus dos Perdões já instituíram seus GGIs, fortalecendo a segurança pública regional.

Nas operações do GGI Atibaia, práticas criminosas como roubo, receptação, tráfico de entorpecentes, furtos, porte ilegal de arma de fogo, roubo de carga, além de busca por foragidos e fiscalização de irregularidades de trânsito estão entre algumas das principais ações do grupo. 

A Muralha Digital, com câmeras interligadas e instaladas em locais e pontos estratégicos da cidade, alimentam um banco de dados de veículos suspeitos, permitindo a realização de um trabalho de inteligência mais efetivo. Ao todo, 42 câmeras foram instaladas e monitoram veículos que entram e saem de Atibaia. A análise do comportamento dos veículos leva em consideração os locais por onde o carro entrou e saiu da cidade, os horários e se houve crimes no período em que o veículo permaneceu no município. As informações são enviadas para uma central, que repassa as coordenadas às forças policiais para possibilitar operações conjuntas, rápidas e efetivas.