UPA Cerejeiras registrou mais de 25 mil atendimentos no primeiro trimestre de 2018 em Atibaia

Prefeitura destina R$ 740 mil mensais à unidade, que em 2017 registrou recorde de atendimentos desde a sua inauguração

Por Maria Clara 22/04/2018 - 23:00 hs

Na tarde de segunda-feira (16) o prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, o vice-prefeito Emil Ono e a secretária de Saúde, Maria Amélia Sakamiti Roda, estiveram na Unidade de Pronto Atendimento - UPA Cerejeiras e na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU 192 Atibaia, ambas no Jardim Cerejeiras, realizando uma visita aos profissionais envolvidos nesses serviços e vistoriando os atendimentos realizados nas unidades. 

Na ocasião, o prefeito salientou que Atibaia conta com uma estrutura de urgência e emergência com serviços credenciados, que são referências em atendimento junto à população e estão sempre à disposição em caso de necessidade. “Trabalhamos para oferecer um serviço de qualidade e eficiência e buscamos aperfeiçoar, cada vez mais, os atendimentos prestados”, ressaltou. O Poder Executivo destina R$ 740 mil mensais à UPA Atibaia, que em seu quadro de profissionais conta com quatro médicos no período diurno e dois no noturno, além de mais um à distância. 

De acordo com a Secretaria de Saúde, o crescimento no atendimento da UPA ao longo dos últimos anos foi praticamente linear, com pequeno acréscimo ano a ano, tendo como destaque 2017, quando a UPA registrou o maior número de atendimentos em um único ano em toda a série histórica desde a sua inauguração, em 2012: 108.803 atendimentos em 2017; 102.137 em 2016; 96.418 em 2015; 95.965 em 2014; 90.676 em 2013; e 95.565 em 2012. Houve, portanto, um crescimento de 13,8% no número de atendimentos entre 2012 e 2017. 

Apenas nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2018 a UPA registrou 25.308 atendimentos, com uma média mensal de 8.436. Do total, 19.641 foram em clínica geral e 5.667 em clínica pediátrica. Além disso, no mesmo período foram realizados 7.706 exames de laboratório, 589 eletrocardiogramas e 4.736 exames de radiologia. 

No acumulado de todo o ano de 2017, os números também impressionam: 108.803 atendimentos totais, sendo 79.068 em clínica geral e 29.735 em clínica pediátrica. Com relação aos exames, foram realizados 24.429 de laboratório, 2.068 eletrocardiogramas e 20.664 exames de radiologia. 

Já a base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU em Atibaia está ligada à central de atendimento, sediada em Bragança Paulista, que recebe as chamadas direcionadas para o número 192 na região bragantina. 

Os pedidos de resgate são atendidos por agentes reguladores que, após confirmarem nome do solicitante e endereço do local da ocorrência, passam a ligação para os médicos reguladores. Depois de ouvirem o relato, os médicos orientam os integrantes do SAMU local para o atendimento e direcionam a viatura correta - em casos em que não há perigo de morte, a ambulância encaminhada é de suporte básico, e em casos mais graves (com risco de morte) a ambulância é de suporte avançado (UTI).